HomeProjeto "POCI-01-0247-FEDER-018115"


Data de aprovação | 27-05-2016
Data de início | 22-06-2016
Data de conclusão | 21-06-2017
Custo total elegível | 20.000,00 EUR
Apoio financeiro da União Europeia
FEDER - 15.000,00 EUR

 

Desenvolvimento e caracterização de mantas de isolamento térmico e acústico, constituídas com resíduos da indústria do fabrico de colchões

Código do projeto | POCI-01-0247-FEDER-018115
Objetivo principal | Aplicação de resíduos provenientes do fabrico de colchões comercializados pela Joviflex em produtos de construção que apresentem desempenho otimizado quando integrados em paredes e pavimentos
Região de intervenção | AVEIRO
Entidade beneficiária | JOVIFLEX – FABRICO DE COLCHÕES DE MOLAS LDA

 

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Este projeto está alinhado com a principal atividade da Joviflex - fabrico de colchões, mas também com a estratégia da empresa em desenvolver novos produtos, que possam integrar soluções construtivas. A empresa pretendeu desenvolver e caracterizar um novo produto constituído por mantas de isolamento térmico e acústico, através do reaproveitamento dos resíduos da própria produção de colchões com desempenho otimizado quando integrado em paredes e pavimentos. O projeto pretendia, ainda, permitir assegurar o cumprimento de requisitos de qualidade normativos aplicados a este tipo de produtos, bem como responder, de forma eficaz, às solicitações da indústria de construção, nomeadamente no que diz respeito à eficiência energética e confortos térmico e acústico. Para o efeito, foi necessário um desenvolvimento adequado do produto e um estudo e caracterização aprofundados destas características, através de ensaios laboratoriais. Assim, foi contratado o ITeCons para realizar o estudo (recorrendo, sempre que possível, a ensaios normalizados e acreditados) de diferentes composições de mantas e diferentes massas superficiais (diferentes espessuras e gramagens), em termos:

 

* térmicos, através da determinação do coeficiente de condutibilidade térmica;
* acústicos, mediante avaliação do isolamento sonoro (a sons de condução aérea e sons de percussão) de soluções construtivas de revestimentos e de paredes divisórias leves, de alvenaria e mistas;
* mecânicos, com a determinação da força máxima de rotura e o alongamento para a máxima força das mantas, antes e após a realização de ciclos de temperatura;
* de reação ao fogo, realizando ensaios de ignitabilidade.

 

Com o trabalho desenvolvido, a Joviflex passa a poder oferecer aos mercados nacional e internacional um conjunto de soluções de divisórias e revestimentos de piso com bom comportamento acústico e térmico, permitindo a valorização do seu produto/ resíduo e dando-lhe uma nova função no seu ciclo de vida.